Últimas Notícias

No Brasil, Roku aposta em TVs e conteúdo local

A Roku chegou ao Brasil. A marca existe desde 2002 e é conhecida por suas TV boxes, as caixas que tornam as TVs inteligentes. Só que, por aqui, quer competir diretamente com as smart TVs: em vez de caixas com o sistema, ele vem embutido em TVs AOC. Inicialmente, a plataforma vai estar disponível em dois modelos e a marca ainda não tem planos de inseri-lo em mais dispositivos.

E esses equipamentos não concorrem com as smart TVs AOC? A marca concorda que sim, mas encara as Roku TVs como mais uma linha de produtos. E promete manter o suporte aos equipamentos já existentes. "São opções diferentes para públicos diferentes", diz André Romanon, diretor de marketing e produtos da TPV Brasil, que controla a marca AOC.

Segundo Luis Bianchi, diretor de marketing para a América Latina da Roku, o Brasil é o primeiro país para o qual a Roku traz primeiro as TVs. "Pensamos em trazer as caixas em algum momento, mas ainda não há planos específicos para isso", diz. A marca tem, ainda, aplicativos para iPhone e Android, que permitem fazer busca de conteúdo pelo celular, transmitir vídeos, música e fotos para a TV e ouvir tudo pelo fone de ouvido do smartphone - uma ótima opção para quando não se quer incomodar alguém que esteja dormindo, por exemplo.

Roku é, basicamente, um sistema operacional. Nos EUA, é líder de mercado: uma em cada três TVs usa o software de alguma forma. Em todo o mundo, há 32,3 milhões de contas ativas na plataforma. E, semanalmente, são 10,3 bilhões de horas de streaming. "No futuro, só haverá streaming. A TV tradicional vai migrar para a modernidade", diz Matthew Anderson, chief marketing officer da Roku.

Os planos de operar no Brasil não são novos. Em julho de 2019, a Variety antecipou que a companhia estava de malas prontas para cá. Anderson confirma: ele diz que o Brasil é uma das potências mundiais do streaming e que a força criativa nacional merece destaque. 

Vantagem da Roku TV sobre as smart TVs

Uma das maiores vantagens das TVs com Roku em relação às smart TVs tradicionais é a facilidade na busca. Em vez de ter de procurar em cada serviço de streaming por uma obra, o consumidor faz uma pesquisa geral e fica sabendo onde ela está disponível e por qual preço.

A Roku tem em sua plataforma atualmente mais de 5 mil canais de todo o mundo. E para reforçar as opções de conteúdo para o Brasil, o principal parceiro da empresa no país vai ser a Globoplay. Tanto que o controle das TVs AOC terá um botão dedicado ao serviço. A produtora de conteúdo conta que já prepara 18 produções originais para 2020.

Conheça as caixas de streaming da Roku

As TV boxes da Roku são um hub para serviços de streaming. Por enquanto, a marca não vai trazê-las para o Brasil, mas elas permitem que essas plataformas cheguem a televisores mais antigos – que não têm sistemas inteligentes. Atualmente, são quatro modelos – todos compatíveis com Alexa e Google Assistente. Conheça-os:

  • Roku Express: transmissão em HD, conexão por Wi-Fi, controle remoto simples:

Reprodução

  • Roku Premiere: transmissão em 4K HDR, conexão por Wi-Fi, controle remoto simples:

Reprodução

  • Roku Streaming Stick+: transmissão em 4K HDR, conexão por Wi-Fi, controle remoto por voz:

Reprodução

  • Roku Ultra: transmissão em 4K HDR, conexão por Wi-Fi ou Ethernet, controle remoto por voz com entrada para fone de ouvido, porta USB e leitor de cartão micros:

Reprodução

 



Fonte: Olhar Digital

Data: 22/01/2020

Palavras Chave


Notícias Invent Web, Olhar Digital, No Brasil, Roku aposta em TVs e conteúdo local, Invent Web, Agência Digital.

Top