Últimas Notícias

Resultados fiscais da Google decepcionam; YouTube é problema

A Alphabet, dona do Google e várias outras empresas de tecnlogia, divulgou seus resultados fiscais do quarto trimestre fiscal de 2019. Nesse sentido, a gigante teve lucro de US$ 10,67 bilhões e receita de US$ 46,08 bilhões, que se refere ao crescimento de 17% em relação ao mesmo período de 2018, estimado em US$ 46,94 bilhões. Ainda segundo a proprietária, no ano passado seu acumulado total foi de US$ 162 bilhões — aumento de 18% quanto ao intervalo anterior.

Apesar do saldo positivo, a Alphabet não atingiu os números projetados por especialistas e investidores do setor. Isso porque de 2018 para 2019 a receita anual geral do conglomerado diminuiu 4%, sobretudo devido à divisão de anúncios on-line e adição de recursos para os segmentos Google, Cloud e YouTube.

Receita anual da Alphabet por divisão. (Fonte: Alphabet/Divulgação)

YouTube cresce, mas decepciona

De forma específica, o YouTube foi a que mais registrou números inferiores ao esperado, ao gerar mais de US$ 15 bilhões em anúncios em 2019. Mesmo que isso se refira ao acréscimo de 31% quanto a 2018, foi muito abaixo dos US$ 25 bilhões determinados para o ano passado.

Além disso, a plataforma acumulou US$ 750 milhões em assinaturas em todo o período, pagas por mais de 20 milhões de usuários. Os números referentes ao ano anterior não foram divulgados pela empresa.

Já os anúncios no Google em 2019, resultaram em US$ 113,2 bilhões — contra US$ 116,4 em 2018 —; enquanto as vendas para o Cloud levantaram US$ 8,9 bilhões — acima dos US$ 5,8 bilhões do ano anterior.

YouTube gerou receita abaixo do esperado. (Fonte: Unsplash)

Despesas e taxas foram culpadas

Conforme a Alphabet, os resultados seriam reflexos das taxas de câmbio e constante aprimoramento de recursos próprios. Essas despesas estariam ligadas à contratação de milhares de vendedores, construção de data centers e comercialização da marca Google por meio de soluções em hardware e outros segmentos.

Inclusive, os gastos da companhia nesse sentido aumentaram 18,5% no quarto trimestre, se comparado ao mesmo período de 2018, o que se refere ao montante de US$ 36,8 bilhões. Em 2020, a gigante ainda planeja investir mais em profissionais e recursos para suas marcas.



Fonte: Tecmundo

Data: 06/02/2020

Palavras Chave


Notícias Invent Web, Tec Mundo, Resultados fiscais da Google decepcionam; YouTube é problema, Invent Web, Agência Digital.

Top